Terra Fértil - Apresentação

Mulheres negras, a palavra também nos pertence!

Por Carmen Faustino

A imposição do silêncio permeia todos os campos na vida e trajetória das mulheres negras e a todo o momento nos deparamos com lugares e papéis sociais que não nos representam e só reforçam os conceitos racistas e machistas que perduram há muitos de anos. Quando pensamos em literatura, esse silêncio carrega também a invisibilidade e a negação do fazer artístico das mulheres negras, sobrevivemos às margens da aceitação e não somos reconhecidas dignamente como artistas, produtoras e difusoras de cultura.

As mulheres Mjibas sentem o peso da invisibilidade e a urgência do grito que liberta, rompendo com o silêncio e trazendo à tona toda força das vozes negras femininas. Construir a antologia Pretextos de Mulheres Negras nos trouxe autonomia, proporcionou felizes encontros com outras como nós e reforçou a importância de nos reconhecermos e fortalecermos nossos laços. O processo de identidade e aceitação é libertador e necessário, para a desconstrução dos estereótipos e a ressignificação da nossa existência. Mulheres negras trazem consigo legados de amor e dor e merecem protagonizar suas verdadeiras histórias.

 Jenyffer Nascimento é mulher negra periférica, escritora, mãe, estudante, educadora, boêmia, raiz, ventania e liberdade... E mulheres negras são assim, escrevem, amam e lutam! Assim, tudo ao mesmo tempo, até porque para nós foi negado o direito a escolha, a dúvida e ao tempo do conhecimento. E ainda sim estamos em todos os cantos, espalhando sementes férteis de amor e luta e mesmo invisíveis, a literatura negra feminina resiste, pois é forte e viva. Escrita que grita para expurgar tudo aquilo que não querem ouvir, que soa leve e implacável aos ouvidos, alertando que o afeto e o acalanto também é um direito nosso e que reflete sobre nosso valor ancestral, beleza e realeza herdada, que nunca de nós será tirada.

Somos muitas, temos voz e não estamos em silêncio. São vozes negras que transcendem em poesias, prosas e histórias, do nosso jeito. Descobrimos que o poder da palavra também nos pertence e estamos cada vez mais fortalecidas, desejando respeito, valorização e ouvidos! 

 

Curta!




Realização:  Patrocínio:
 
logo vai novo logo prefeitura

Todo material do site pode ser reproduzido por qualquer veículo de comunicação
desde que citada a fonte e mantida a íntrega do material. © 2014